JERUSALÉM. – Terça-feira, 6 de Dezembro de 2016, diferentes membros da Coordenação da Pastoral dos Migrantes (CPAM) reuniram-se no Patriarcado Latino de Jerusalém para discutiram o trabalho da Igreja junto dos migrantes e dos requerentes de asilo. Esta trigésima terceira reunião de coordenação da CPAM acolheu pela primeira vez Mons. Pizaballa.

Por ocasião da trigésima terceira reunião de coordenação, reuniram-se mais de trinta membros das Capelanias filipinas, cingalesas, africanas, libanesas e romanas, padres e freiras, um representante da equipa do ministério das prisões, ONG israelitas, beduínos e padres de Haifa e de Tiberíade. A oração de abertura retomou as palavras que o Papa Francisco publicou para o próximo dia Mundial dos Migrantes que terá lugar em Janeiro.

Mons. Pierbattista Pizzaballa, Administrador Apostólico do Patriarcado Latino de Jerusalém, tomou parte na reunião pela primeira vez. Depois de uma série de introduções, durante as quais os novos membros foram apresentados, o Arcebispo dirigiu-se aos presentes e comunicou-lhes a sua visão do lugar dos migrantes na diocese. Sublinhou que o trabalho da Igreja junto dos migrantes estava em perfeita continuidade com a consciência da Igreja em que Jerusalém foi sempre um lugar que reflete a universalidade da missão da Igreja, um elemento presente desde o seu nascimento, no dia seguinte ao Pentecostes. Sublinhou também que se tratava de um serviço junto do mais pobres e dos mais desfavorecidos da nossa sociedade. Olhando para os que estavam à sua volta, exprimiu os seus agradecimentos e a sua alegria por ver que as pessoas empenhadas na pastoral dos migrantes eram representativas de uma enorme diversidade de homens e de mulheres vindos de países muito diferentes e de um leque tão grande de congregações de religiosas e de órgãos eclesiásticos. Mons. Pizzaballa sublinhou que, como bispo, era constantemente solicitado para estar ao serviço da unidade e da comunhão da Igreja e de como desejava trabalhar por uma unidade tão necessária, na Igreja de Jerusalém, entre os diversos elementos que compõem o Corpo de Cristo nesta terra. No fim do seu discurso, o arcebispo benzeu os presentes e desejou a todos uma feliz preparação de Natal.

Entre os numerosos temas abordados na reunião figuraram os seguintes:

– preparação da celebração do Dia Mundial dos Migrantes com uma missa solene que será celebrada por Mons. Pizzaballa em Jafa;

– preparação de um dia de oração durante o Advento para todos os capelães e membros da CPAM;

– planificação de uma assembleia de jovens migrantes e de católicos de expressão hebraica;

– preparação de um relatório financeiro anual;

– preparação do Natal;

– indicações referentes à participação de leigos no serviço pastoral;

 

Depois da Discussão, os participantes partilharam notícias das diferentes comunidades.

Fonte: Vigariato de São Tiago para os católicos de língua hebraica.

 

image_print
Designed and Powered by YH Design Studios - www.yh-designstudios.com © 2017 All Rights Reserved
X