JERUSALÉM – Terça-feira, 13 de Dezembro de 2016, uma delegação de bispos foi apresentar as suas condolências à Igreja Copta, depois da explosão do passado domingo, no Cairo onde morreram 25 pessoas na Igreja Ortodoxa de São Pedro e São Paulo.

A delegação era composta por Mons. Pierbattista Pizzaballa, Administrador Apostólico do Patriarcado, Mons. Shomali, Vigário Patriarcal em Jerusalém,, Mons. Kamal Bathis, o Padre Michel MacDonagh, o Padre Bernt Bresch e o Padre George Ayyoub, Chanceler do Patriarcado Latino.

Dirigindo-se a Sua Eminência Anba Antonius, Bispo Metropolitano de Jerusalém e do Próximo Oriente, Mons. Pizzaballa declarou: “em nome do Patriarcado Latino e das Igrejas Católica de Jerusalém, exprimimos as nossas mais sinceras condolências pelo martírio dos nossos irmãos e irmãs no Cairo. Este terrível acontecimento mais não fará do que reforçar o testemunho cristão no seio da Igreja no Egipto. E acrescentou: “Gostaríamos de vos agradece pelos testemunhos que nos destes e que continuais a dar de fé cristã. Vós sois a Igreja dos Mártires. Estamos solidários com todos vós e permanecemos com esperança”.

Na passada terça-feira, o grupo do Estado Islâmico reivindicou o atentado que atingiu a Igreja Copta de São Pedro e São Paulo no Cairo, matando pelo menos 25 pessoas.

Informação: por iniciativa da Assembleia dos Ordinários Católicos da Terra Santa, uma vigília de oração teve lugar, na sexta-feira dia 16 de Dezembro às 18h00, na Paróquia Latina de Haifa, em solidariedade com as vítimas do terrorismo e pelas almas dos mártires que foram mortos no passado domingo no Cairo

Saher Kavas

Fotografias. LPJ

DSC_0671.jpgDSC_0674.jpgDSC_0678.jpg

image_print
Designed and Powered by YH Design Studios - www.yh-designstudios.com © 2017 All Rights Reserved
X